Isolamento Térmico de Coberturas – Eficiência Energética

As soluções possíveis para o Isolamento Térmico de Coberturas são:

Cobertura em terraço:

  • Isolamento com protecção leve (autoprotegida)
  • Isolamento com protecção pesada (seixo, lajetas, etc.)
  • Cobertura invertida (isolamento sobre impermeabilização)

Coberturas inclinadas:

  • Isolamento na vertente (desvão habitado sob cobertura):
  • Isolamento térmico descontínuo
  • Esteira leve inclinada (painéis sanduíche)

Isolamento sobre a esteira horizontal (desvão ventilado não habitado):

  • Isolamento térmico contínuo sobre a esteira
  • Isolamento térmico descontínuo sobre a esteira com eventual revestimento de piso
  • Esteira horizontal leve (painéis sanduíche)
Eficiência Energética - Cobertura Plana
Eficiência Energética – Cobertura Plana

Os valores apresentados equivalem a um isolamento com 8 cm de espessura para todas as soluções retirados de tabelas do LNEC*. As linhas horizontais representam os coeficientes de referência do RCCTE para as zonas climáticas.

* Coeficientes de transmissão térmica de elementos da envolvente dos edifícios, Santos, Pina e Matias Luís, Laboratório Nacional de Engenharia Civil, 2006

  • A cobertura tradicional (o isolante serve de suporte para a impermeabilização) tem um melhor desempenho que a cobertura invertida (isolante sobre a impermeabilização)
  • Na cobertura tradicional é necessário colocar uma barreira páravapor sob o isolante devido à permeabilidade desta solução ao vapor de água
  • A camada de protecção da cobertura (leve ou pesada) depende da acessibilidade à cobertura
  • A cobertura invertida considera apenas o XPS que ainda detém a exclusividade destas aplicações
  • A cobertura invertida protege a impermeabilização da cobertura
  • As soluções construtivas em blocos cerâmicos entre 33 a 35 cm (abobadilhas cerâmicas com vigotas pré-fabricadas de betão armado) são as soluções com o melhor desempenho das soluções de estrutura resistente
  • O EPS (Poliestireno Expandido Moldado) com uma massa volúmica (kg/m3) superior a 20 é o isolante com maior desempenho, no entanto, é mais dispendioso que o MW (lã mineral) e o ICB (aglomerado de cortiça expandida)
  • A cortiça mais económica e mais ecológica, com 10 cm de espessura atinge um melhor desempenho do que os apresentados para os outros isolamentos
Eficiência Energética - Cobertura Inclinada
Eficiência Energética – Cobertura Inclinada

Os valores apresentados equivalem a um isolamento com 8 cm de espessura para todas as soluções retirados de tabelas do LNEC*. As linhas horizontais representam os coeficientes de referência do RCCTE para as zonas climáticas.

* Coeficientes de transmissão térmica de elementos da envolvente dos edifícios, Santos, Pina e Matias Luís, Laboratório Nacional de Engenharia Civil, 2006

  • As soluções em cobertura inclinada são mais variadas e complexas que em cobertura plana
  • As soluções com isolante nas vertentes são aplicadas quando o desvão é habitado ou quando não exista esteira horizontal
  • Quando o desvão não é habitado a aplicação de isolante nas vertentes apresenta muitas desvantagens
  • As soluções de isolamento contínuo sobre a esteira horizontal têm um melhor desempenho que as outras soluções, principalmente a solução com blocos cerâmicos entre 33 a 35 cm (abobadilhas cerâmicas com vigotas de betão armado)
  • As soluções de isolamento contínuo sobre a esteira horizontal têm um melhor desempenho que as outras soluções, principalmente a solução com blocos cerâmicos entre 33 a 35 cm (abobadilhas cerâmicas com vigotas de betão armado)
  • No isolamento das vertentes a aplicação de XPS (Poliestireno Expandido Extrudido) como uma solução de cobertura invertida, em que o isolamento protege a impermeabilização e pode servir também de suporte ao revestimento da cobertura, é a solução com o melhor desempenho
  • No isolamento das vertentes a aplicação de cortiça ou de lã mineral exige a adopção de medidas complementares de protecção à exposição prolongada à água
  • A solução de isolante sobre a esteira horizontal com a eventual aplicação de revestimento de piso é uma solução com um desempenho semelhante ao do isolamento das vertentes
  • No isolamento das vertentes a aplicação de XPS (Poliestireno Expandido Extrudido) como uma solução de cobertura invertida, em que o isolamento protege a impermeabilização e pode servir também de suporte ao revestimento da cobertura, é a solução com o melhor desempenho
  • No isolamento das vertentes a aplicação de cortiça ou de lã mineral exige a adopção de medidas complementares de protecção à exposição prolongada à água
  • A solução de isolante sobre a esteira horizontal com a eventual aplicação de revestimento de piso é uma solução com um desempenho semelhante ao do isolamento das vertentes

Deixar uma resposta