Isolamento Térmico de Paredes Exteriores – Eficiência Energética

A transmissão de energia entre o exterior e o interior é um factor preponderante no desempenho energético do edifício seja qual for o sistema de climatização.

A primeira decisão a tomar é a escolha das soluções construtivas da envolvente exterior mais adequadas ao clima local.

As soluções possíveis para as Paredes Exteriores são:

Isolamento Térmico de paredes simples:

  • com revestimento aderido (ETICS)
  • com fachada ventilada – revestimento independente contínuo ou descontínuo com fixação de suportes pontuais

Isolamento Térmico de paredes duplas:

  • isolante preenchendo totalmente a caixa de ar
  • isolante preenchendo parcialmente a caixa de ar
Eficiência Energética - Transmissão Térmica
Eficiência Energética – Transmissão Térmica

Os valores apresentados equivalem a um isolamento com 6 cm de espessura para todas as soluções retirados de tabelas do LNEC*.

* Coeficientes de transmissão térmica de elementos da envolvente dos edifícios, Santos, Pina e Matias Luís, Laboratório Nacional de Engenharia Civil, 2006

  • O isolamento térmico de paredes simples pelo exterior evita as pontes térmicas, permite aproveitar a inércia térmica das paredes bastante necessária no Verão para manter uma temperatura fresca no interior e é uma solução menos dispendiosa
  • O isolamento térmico de paredes duplas aproveita apenas parte da inércia térmica das paredes, obriga à correcção das pontes térmicas necessitando de uma maior área de isolamento, aumenta a espessura das paredes e o peso na estrutura e nas fundações, sendo por estas razões uma solução mais dispendiosa
  • É recomendável a manutenção de um espaço de ar francamente ventilado nas paredes duplas, através de pequenos furos de ventilação e drenagem
  • Todas estas soluções construtivas, com isolamento de 6 cm de espessura, cumprem os coeficientes de referência do RCCTE para todas as zonas climáticas, à excepção da parede simples com isolamento de cortiça para a zona I3
  • A Alvenaria de Adobe, que não se encontra referenciada nas soluções do LNEC, é uma solução de parede simples que com isolamento pelo exterior tem o melhor desempenho de todas as soluções, para além de que beneficia de uma grande inércia térmica e é uma solução 25% menos dispendiosa do que as outras
  • O XPS (Poliestireno Expandido Extrudido) é o isolamento com melhor desempenho, no entanto tem um custo de mais de 50% que o ICB (Aglomerado de Cortiça Expandida) e a exposição aos raios ultravioletas podem provocar a sua degradação
  • A cortiça mais económica e mais ecológica, com 8 cm de espessura atinge um melhor desempenho do que os apresentados para os outros isolamentos
  • A MW (Lã mineral) é um material ecológico, com um desempenho idêntico ao EPS (Poliestireno Expandido Moldado) e ao PUR (Poliestireno Expandido Extrudido), é bastante resistente e durável, no entanto a exposição à humidade pode diminuir o seu desempenho

Deixar uma resposta